Nosso Blog

Informações úteis para você ficar atualizado

Paralisia do sono: O que fazer para se livrar desse mal?

Imagine que você está quase pegando no sono quando de repente sente-se aprisionado, endurecido e incapaz de mover o próprio corpo.

Esse é o mal da Paralisia do sono.

Leia também:

Drible as preocupações do trabalho para dormir melhor

Quando o sono não combina com seu ritmo de vida

Um ponto final para enxaqueca: uma das doenças mais comuns do mundo

A experiência por si só é assustadora. Em algum momento da noite você acorda, não se mexe, tem breve alucinações e, além disso tudo, é comum imaginar que “uma presença maligna” está ou te segurando ou em algum lugar do seu quarto.

Nesse texto vamos te mostrar como você pode se livrar desse mal que prejudica inúmeras pessoas ao redor do mundo.

A paralisia do sono, o que é afinal?

Como mencionado acima, é comum as pessoas associarem esse acontecimento com algo sobrenatural, como uma experiência espiritual ou algo do tipo. Mesmo porque a sensação é exatamente essa!

A cultura de “assombração” ganhou tanto volume que produziram até um documentário sobre isso chamado The Nightmare, de 2015, bastante comentado pela crítica especializada e também participante de alguns festivais de filmes internacionais.

O que acontece de fato é uma assincronia do seu cérebro com o resto do seu corpo. Em algum momento do sono, geralmente no começo ou perto da hora de acordar, você abre os olhos, mas seu corpo fica alguns minutos paralisado.

Além disso, como seu cérebro está “trabalhando de uma forma mais lenta”, você tem alucinações, ouve vozes e até mesmo vê coisas do seu quarto.

Seu corpo não se mexe, porque a informação de que você está acordado não chegou no seu corpo e é exatamente isso que gera a paralisia.

Mas por que isso acontece?

Muitos especialistas, entre neurologistas e psiquiatras, asseguram que pelo menos uma vez na vida alguém passará por isso.

E é bem possível que quando você passar por isso pela primeira vez pense apenas estar em mais um pesadelo.

Se você ainda não teve essa terrível experiência, você é uma pessoa de muita sorte, porque a partir dos comportamentos atuais da nossa sociedade, a paralisia do sono tem se tornando cada vez mais comum por conta dos seguintes comportamentos:

1 – Péssimos horários para dormir aumentam as chances;

2 – Não respeitar o momento de descanso de uma forma adequada também conduz para que você tenha paralisia do sono;

3 – Estar sofrendo por grandes mudanças na vida também faz com que você tenha essa péssima experiência;

4 – Estar em um alto nível de stress é também um fator crucial para ter paralisia do sono;

5 – Uso de medicamentos para conseguir dormir também é um fator que tem contribuído para o mal da paralisia do sono;

6 – O uso de drogas é também um grande contribuidor para a paralisia do sono;

7 – Por último, um dos grandes fatores que também pode desencadear na paralisia do sono é ter um baixo índice de melatonina no corpo.

Essas alucinações são realmente assustadoras?

Por si só o fato de estar paralisado já é um grande susto.

É comum, por exemplo, pacientes nos consultórios de neurologia e psiquiatria relatarem sobre como foi/é assustador estar com o corpo imóvel e sobre a sensação de ter se tornado paraplégico, ou algo do gênero.

Mas, geralmente, essas alucinações são baseadas em sons, estalos, pequenos barulhinhos e até mesmo escutar passos próximos a você.

Visualmente é bem provável que você veja luzes, movimentos nas sombras projetadas no quarto e vultos.

Falando de tato, muitos pacientes relatam a sensação de estar caindo ou flutuando. Fora também a sensação de estar sendo asfixiado por alguém.

Será que consigo não ter paralisia do sono? É possível?

O grande segredo para não sofrer de paralisia do sono não vai exigir muito. Mas será baseado em uma mudança de comportamento, estilo de vida e disciplina.

Veja nossas dicas:

Organize seu sono

Há uma necessidade urgente pra muitas pessoas atualmente de regular e ter disciplina pra dormir. Compor um estilo de vida que respeite seu horário de sono e descanso é essencial não apenas para não ter paralisia do sono, mas também para os diversos fatores que envolvem ter uma vida realmente saudável.

Faça esportes

Quase uma ordem nos dias de hoje por conta das novas tecnologias. Precisamos urgentemente compor um estilo de vida que tenha em seu “cardápio” práticas esportivas. Lembrando que elas também ajudam no combate a depressão e ansiedade.

Aprenda a lidar com a loucura do dia a dia

Levar em consideração que não podemos controlar quase nada em nossa volta e sim a reação que temos, saber lidar com o stress e a loucura dos muitos compromissos é fundamental para compor um estilo de vida saudável e se livrar de uma vez por todas da paralisia do sono.

Preocupe-se com a sua saúde psicológica

Temos um péssimo costume de não procurar por profissionais da saúde mental para relatar nossos pensamentos, sentimentos e sensações. O que pode ter acarretado as muitas doenças mentais presentes atualmente.

A paralisia do sono, apesar de não ser uma doença grave, pode prejudicar muito o seu sono e consequentemente sua vida profissional e pessoal, dado que dormir bem é infinitamente importante para cada um de nós.

Lembre-se: A Neurologia Integrada conta com um corpo de profissionais especialistas na área da saúde mental. Agende sua consulta de forma rápida abaixo e priorize uma vida saudável começando pela sua mente:

botao cta 1 - junho 2022

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram