Nosso Blog

Informações úteis para você ficar atualizado

Neuralgia do Trigêmeo

A dor facial é uma condição debilitante que pode afetar a qualidade de vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Entre as diversas causas de dor facial, a neuralgia do trigêmeo é uma das mais intensas e angustiantes. Se você está em busca de informações detalhadas sobre essa condição, está no lugar certo! Neste artigo, vamos explorar a fundo o que é a neuralgia do trigêmeo, seus sintomas, causas, complicações e as opções de tratamento, com foco especial nas técnicas intervencionistas para alívio da dor. Além disso, vamos responder às cinco perguntas mais buscadas sobre o tema na internet. Continue lendo e desvende os mistérios dessa condição dolorosa.

O que é a Neuralgia do Trigêmeo?

A neuralgia do trigêmeo é uma condição neurológica crônica caracterizada por episódios intensos de dor facial, geralmente de curta duração, mas extremamente intensos. O nervo trigêmeo é um dos principais nervos do rosto, responsável por transmitir sensações da face para o cérebro. Ele é dividido em três ramos, que se espalham pela testa, bochecha e mandíbula, respectivamente. A neuralgia do trigêmeo pode afetar qualquer um desses ramos e é mais comum em pessoas com mais de 50 anos.

estresse 1 - março 2024

 

Quais são os sintomas da Neuralgia do Trigêmeo?

A dor causada pela neuralgia do trigêmeo é muitas vezes descrita como uma dor súbita e intensa, que pode ser desencadeada por estímulos triviais, como falar, sorrir, comer, escovar os dentes ou até mesmo tocar levemente na face. A dor é frequentemente descrita como em choque, em forma de espasmos, aguda e lancinante, geralmente de curta duração, mas extremamente debilitante. Os episódios de dor podem ocorrer em surtos, com períodos de alívio entre os surtos, ou podem ser contínuos em casos mais graves. A dor pode ser tão intensa a ponto de interferir nas atividades diárias e na qualidade de vida do paciente.

 

Neuralgia do Trigêmeo é grave?

A neuralgia do trigêmeo é uma condição extremamente debilitante e angustiante, devido à intensidade da dor. A qualidade de vida dos pacientes pode ser significativamente comprometida, com impacto nas atividades diárias, no trabalho, nas relações sociais e emocionais. A dor intensa e imprevisível pode causar ansiedade, depressão e isolamento social. É fundamental procurar um médico especialista para diagnóstico e tratamento adequados.

Neuralgia do Trigemeo

Quais são as causas da Neuralgia do Trigêmeo?

A neuralgia do trigêmeo é causada pela irritação ou compressão do nervo trigêmeo, que pode ocorrer em diferentes pontos do trajeto do nervo, desde sua origem no cérebro até sua saída no rosto. As causas exatas dessa irritação ou compressão ainda não são completamente compreendidas, mas podem estar relacionadas a fatores como envelhecimento, pressão de vasos sanguíneos, lesões cerebrais, infecções virais e anormalidades congênitas. Além disso, a predisposição genética também pode desempenhar um papel importante no desenvolvimento da neuralgia do trigêmeo.

 

Quais são as complicações possíveis da Neuralgia do Trigêmeo?

A neuralgia do trigêmeo pode causar várias complicações, principalmente em relação à qualidade de vida do paciente. A dor intensa e debilitante pode levar a problemas emocionais, como ansiedade e depressão, devido ao impacto nas atividades diárias e nas relações sociais. Além disso, a dificuldade em comer, falar e cuidar da higiene bucal adequada devido à dor facial pode resultar em desnutrição e problemas dentários. É importante buscar tratamento adequado o mais cedo possível para prevenir ou minimizar essas complicações

Existem tratamentos com medicamentos para Neuralgia do Trigêmeo?

O tratamento da neuralgia do trigêmeo geralmente começa com medicamentos para alívio da dor. Os medicamentos mais comuns utilizados são os anticonvulsivantes, como a carbamazepina, que ajudam a diminuir a excitabilidade do nervo trigêmeo e reduzir a intensidade e frequência dos episódios de dor. Outros medicamentos, como os antidepressivos tricíclicos e os relaxantes musculares, também podem ser prescritos para ajudar a controlar a dor. No entanto, é importante ressaltar que nem todos os pacientes respondem bem aos medicamentos e podem precisar de outras opções de tratamento.

Tratamento Intervencionista da Dor da Neuralgia do Trigêmeo

Para pacientes que não obtêm alívio adequado da dor com medicamentos, ou que apresentam efeitos colaterais intoleráveis, as opções de tratamento intervencionista podem ser consideradas. Essas técnicas visam bloquear ou diminuir a atividade do nervo trigêmeo para aliviar a dor. Alguns exemplos de tratamentos intervencionistas para a neuralgia do trigêmeo incluem:

  1. Injeções de Bloqueio Nervoso: Essas injeções podem ser realizadas com anestésicos locais ou corticosteroides para bloquear temporariamente a transmissão da dor pelo nervo trigêmeo.

  2. Rizotomia Percutânea: Nessa técnica, um eletrodo é inserido através da pele até o nervo trigêmeo e é utilizado para destruir seletivamente as fibras nervosas responsáveis pela transmissão da dor, utilizando calor, radiofrequência ou glicerol.

  3. Radiocirurgia: A radiocirurgia é uma técnica não invasiva que utiliza radiação de alta precisão para destruir seletivamente as fibras nervosas do trigêmeo responsáveis pela dor.

  4. Estimulação Cerebral Profunda: Essa é uma opção mais avançada, que envolve a implantação de eletrodos no cérebro para modular a atividade do nervo trigêmeo e reduzir a dor.

 
 

Quanto tempo dura o tratamento intervencionista para Neuralgia do Trigêmeo?

  • O tratamento com rizotomia e radiofrequencia pode durar até 3 anos a depender do paciente, com importante melhora da intensidade da dor, da frequência e principalmente da qualidade de vida dos pacientes!
 
 

Para realizar o tratamento intervencionista da Neuralgia do trigêmeo é necessária anestesia geral?

  • Não, para o procedimento realizamos apenas uma sedação leve, com a que é feita para Endoscopia!
 
 

A melhora da dor do trigêmeo já acontece na mesma hora?

  • A melhora da dor com o tratamento intervencionista para neuralgia do trigêmeo pode demorar até 1 mês e a partir daí ser duradoura por até 36 meses.
 
 

Para realização do tratamento intervencionista da Neuralgia do Trigêmeo é necessário ficar internado?

  • Não é preciso ficar internado, como fazemos apenas uma sedação o paciente pode ir para casa no mesmo dia!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Categorias

Mais Sobre Nós

Siga nosso Instagram
This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.