Nosso Blog

Informações úteis para você ficar atualizado

Enxaqueca no período menstrual

Entenda mais sobre a relação entre TPM e enxaqueca e descubra uma forma de minimizar os gatilhos para as crises

A dor de cabeça no período menstrual é uma queixa muito comum entre as mulheres. Mas porque será que isso acontece com tanta frequência?

Estima-se que cerca de 43% das mulheres possuem sofrem com as enxaquecas ao longo da vida. A população feminina tem ainda 3 vezes mais chance de desenvolver essas crises quando comparado aos homens.

Existem vários fatores que podem se relacionar à desproporcionalidade na prevalência dessa doença entre os sexos. Porém, o fator principal e que tem mais influência é a questão hormonal.

Os hormônios têm papel fundamental para a manutenção e realização de diversas funções no organismo humano. Sendo que, em especial para as mulheres, as variações hormonais têm uma grande participação na ocorrência de dor de cabeça no período menstrual.

Por isso, entender a relação que existe entre TPM e enxaqueca é importante. Afinal, para se alcançar a promoção da saúde de grande parte dessas mulheres, é necessário compreender os mecanismos que levam a essas crises e colocar em prática estratégias de tratamento mais eficazes.

Antes de explicar mais sobre o porquê de a TPM e enxaqueca estarem ligados, é importante entender um pouco mais sobre o que acontece no corpo da mulher durante o ciclo da menstruação.

O que acontece no ciclo menstrual?

Esse ciclo nada mais é do que uma série de alterações e transformações fisiológicas que ocorrem no corpo da mulher. Essas mudanças acontecem principalmente nos óvulos, que são amadurecidos, e também no útero que é preparado para receber o embrião.

Durante toda essa fase, que dura cerca de 28 dias, ocorre uma série de variações nos níveis dos hormônios femininos (o estrogênio e a progesterona) e são essas variações que são as principais causas da dor de cabeça no período menstrual.

Os hormônios femininos desempenham diversas funções importantes no corpo da mulher, como a ovulação e a descamação do útero, conhecida como menstruação. 

Durante o ciclo, essa sequência de alterações hormonais é responsável pelas manifestações características que antecedem a menstruação. Alguns exemplos são o aparecimento de espinhas, dores nas costas, retenção de líquido, TPM e enxaqueca.

Enxaqueca no período menstrual é muito comum.

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre o que ocorre durante o ciclo da mulher, é possível explicar melhor a relação entre TPM e enxaqueca.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Cefaleia, mais de 50% das mulheres sofrem com dor de cabeça no período menstrual. Além disso, elas relatam que a intensidade e a duração dessas dores são muito maiores durante essa fase.

Inclusive, é comum que a enxaqueca na TPM seja mais resistente aos medicamentos, o que acaba intensificando ainda mais o incômodo sentido.

Vale ressaltar que a dor de cabeça no período menstrual não acontece exclusivamente durante a menstruação. Ela pode ocorrer também alguns dias antes ou depois do fim do ciclo.

As alterações hormonais que ocorrem no ciclo são responsáveis por causarem estresse, ansiedade, dores e incômodos todos os meses. Essas situações, na maioria das vezes, servem como gatilho, aumentando os sintomas da TPM e enxaqueca.

Por isso, aprender a manejar esses gatilhos é essencial para evitar as crises, tanto para as mulheres que estão em fase reprodutiva (que menstruam), quanto para aquelas que não estão.

Se você quer aprender a como evitar a dor de cabeça no período menstrual e como se livrar dessas dores, se inscreva no curso “Superando a enxaqueca”

O estrogênio é o grande vilão?

É comum que o estrogênio seja visto como o vilão na relação entre a TPM e enxaqueca. Isso porque, de forma geral, esse hormônio feminino é um dos principais responsáveis pelos sintomas comuns durante a fase que antecede a menstruação.

Porém, quando o assunto é dor de cabeça no período menstrual não é possível jogar a culpa totalmente em cima dos estrógenos.

Isso porque, na realidade, o que causa as crises enxaquecosas são as variações hormonais durante o ciclo da mulher. São essas mudanças nos níveis de hormônios que servem como gatilhos para a TPM e enxaqueca, aumentando o estresse, oscilações de humor e as dores de cabeça no período menstrual.

Importância do diário da cefaleia

Para as mulheres que sofrem constantemente com a dor de cabeça no período menstrual, possuir um diário da cefaleia pode trazer benefícios para o tratamento da TPM e enxaqueca.

O diário da cefaleia nada mais é do que anotar as características das suas crises enxaquecosas. As principais informações que devem ser registradas são:

  • Data das dores
  • Horário de início 
  • Intensidade máxima
  • Qualidade das dores: se é em pressão, latejante, em pontada etc
  • Localização e duração
  • Medicamentos utilizados
  • Fatores desencadeantes ou gatilhos
  • Menstruação: início e fim do ciclo

Manter o diário da cefaleia pode parecer besteria em um primeiro momento. Porém, como já dito, a dor de cabeça no período menstrual costuma ser muito mais intensa e de difícil alívio, mesmo com medicamentos.

Por isso, essas anotações podem ser de grande valia para que você, em conjunto com seu neurologista, entenda melhor os possíveis gatilhos e descubra qual a melhor forma de prevenir e intervir nos sintomas da TPM e enxaqueca.

Procurar ajuda especializada é o primeiro passo para se livrar das crises. Na Neurologia Integrada, além de atendimento personalizado e de qualidade, você encontra os melhores profissionais para te auxiliarem nesse processo.

Aprenda a minimizar os gatilhos e as crises

A dor de cabeça no período menstrual é um grande incômodo para muitas mulheres, em especial para as enxaquecosas. Dessa forma, é extremamente importante aprender estratégias e formas de minimizar os possíveis gatilhos e evitar as crises.

No curso “Superando a enxaqueca” você descobre e aprende o passo-a-passo definitivo para te auxiliar a reconhecer e agir nas causas das suas dores.

Com uma metodologia inovadora e prática desenvolvida pelo neurologista Dr. Bruno Funchal, o curso irá te guiar e te ensinar a controlar a crise, em especial nos casos de TPM e enxaqueca. 

A dor de cabeça no período menstrual não precisa mais ser um problema para você. Não perca tempo! Adquira já sua vaga no curso “Superando a enxaqueca” e venha cuidar da sua saúde.

E siga-nos no INSTAGRAM para saber mais sobre enxaqueca.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você sofre com enxaqueca?

Então vem conhecer o primeiro método
ENXAQUECA-KILLER!