Nosso Blog

Informações úteis para você ficar atualizado

6 formas de evitar dores de cabeça

Em algum momento da sua vida certamente você já sofreu com dores de cabeça. Elapode ocorrer em pessoas de todas as idades e tem diversos tipos. Porém, ao perceber que está sentindo a dor com muita frequência, é necessário procurar ajuda de um Equipe especialista.

A dor de cabeça é também chamada de cefaleia, que pode ser primária ou secundária. Cada uma delas, com causas e consequências distintas.

Na criança, a dor de cabeça pode estar relacionada com algum desequilíbrio emocional ou físico. Também pode ser efeito colateral após a ingestão de algum tipo de medicamento.

Estudos realizados na UFSC, Universidade Federal de Santa Catarina, mostram que frequentemente as dores de cabeça estão relacionadas ao estresse do trabalho. Pesquisas mostram que a pressão, cobranças e problemas da profissão são as maiores causas da cefaleia tensional.

dor de cabeca constante - junho 2022

Quais são os tipos de dores de cabeça?

Cefaleias primárias incluem a celafeia em salvas, a cefaleia tensional, e a enxaqueca. As duas últimas são as mais frequentes e atingem pelo menos 63 milhões dos brasileiros.

 

Cefaleia tensional

É aquela dor que aparece geralmente na testa, nuca ou na parte de cima da cabeça. Ela é resultado de uma tensão na musculatura ao redor do pescoço e na musculatura ao redor do crânio.

A dor tem intensidade leve ou moderada, e traz a sensação de um aperto nessas áreas da cabeça. Geralmente, a pessoa consegue realizar suas atividades normais com a dor, mas não deixa de ser um grande incômodo.

A falta de sono, estresse no ambiente familiar e profissional, além de problemas financeiros são causadores desse tipo de dor de cabeça. Geralmente, a dor tende a diminuir após a ingestão de um analgésico comum.

 

Cefaleia em salvas

É aquela dor forte e pulsante, que aperta apenas de um lado da face ou no fundo de algum dos olhos.

Chega a deixar o olho lacrimejando e avermelhado, causa a obstrução e coriza do nariz. A crise frequentemente acontece durante a noite, podem ser frequentes e desaparecer de repente. Assim como pode voltar de repente.

A origem da cefaleia em salva vem de uma estrutura cerebral chamada hipotálamo, que funciona nos ciclos do sono. Quem apresenta distúrbios do sono como a apneia do sono, esse problema pode afetar muito mais.

Geralmente, a dor se manifesta com mais frequência nos homens entre 20 e 30 anos.

 

Enxaqueca

Esse distúrbio também chamado de migrânea, se origina do neurovascular crônico. É aquela dor que aparece apenas em alguma parte da cabeça, mas sua intensidade causa até o embaçamento da visão.

Além disso, a enxaqueca dependendo do nível da intensidade que chega a ser muito forte, pode causar vômitos, sensibilidade à luz e som, e o aumento da irritabilidade.

A enxaqueca atrapalha a vida de quem sofre com ela. Segundo a OMS, Organização Mundial da Saúde, ela está entre as doenças que mais prejudicam a vida saudável das pessoas, ficando numa posição à frente da diabetes.

Esse tipo de dor de cabeça é mais comum acontecer nas mulheres entre 20 e 40 anos.

As cefaleias secundárias são aquelas que podem indicar a existência de outras enfermidades. A sinusite, gripes, resfriados, meningite, aneurismas, tumores cerebrais, AVC, problemas de visão e de ouvido, são exemplos disso.

enxaqueca-7

 

 

LEIA TAMBÉM:

VOCÊ SABE O QUE PODE ESTAR CAUSANDO SUA ENXAQUECA?

 

 

Fatores que podem causar dores de cabeça

  • Alterações do sono: Quando dormimos bem, produzimos o hormônio melatonina que nos ajuda a evitar dores como a de cabeça, por exemplo. Se dormimos mal, essa quantidade de hormônios diminui, a irritabilidade aumenta e as dores surgem.
  • Se alimentar mal: Pular refeições ficando muito tempo sem se alimentar baixa o nível de açúcar no sangue, levando a hipoglicemia e causando a dor de cabeça.
  • Ingerir alguns alimentos como: café, álcool, cebola, queijos, chocolate, alho ou frutas cítricas.
  • Altas temperaturas: À medida que aumenta a temperatura, a incidência das dores pode aumentar. A poluição do ar e a umidade também influenciam na desidratação, desequilibrando o organismo e causando dores.
  • Odores fortes: Neurologistas afirmam que quando estamos expostos durante algum tempo a cheiros como gasolina, cigarro, e perfumes fortes, a dor de cabeça pode aparecer mais facilmente.
  • Má postura: Quando os nervos da coluna ficam numa posição incorreta, os nervos se comprimem e a dor vai diretamente para a cabeça.

 

Como identificar qual tipo de dor de cabeça que eu tenho?

Caso a dor de cabeça esteja aparecendo com frequência, e como resultado o incômodo persiste por dias, os analgésicos não surtem efeito, esteja atento! Uma simples dor de cabeça pode indicar doenças graves, podem levar a febre alta, desmaios e até convulsões.

Inicialmente, é necessário procurar um especialista. É o neurologista que pode te dar um diagnóstico, investigar as causas da dor. Diante de um levantamento do histórico do paciente ele pode descobrir através do exame neurológico como tratar a doença.

Sua saúde é muito importante! Agende uma consulta conosco!

Siga-nos no Instagram.

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram