Nosso Blog

Informações úteis para você ficar atualizado

Conheça sobre Adenoma de Hipófise

 

 

 

O Adenoma de Hipófise é um tumor benigno da região anterior de uma glândula chamada Hipófise (ou Pituitária). Geralmente esses casos são acompanhados com uma equipe multidisciplinar com Neurologista Clínico, Neurocirurgião e se necessário Endocrinologista. Em casos específicos, solicitamos auxílio para profissionais da psicologia e nutricionista.

 

Mas o que é a hipófise?

A hipófise é uma glândula localizada dentro do crânio e próximo a estruturas nobres como os nervos ópticos e artérias carótidas. Ela é responsável por produzir hormônios como GH, FSH, LH, TSH, ACTH e Prolactina.

o que é hipofise
Apesar de pequena, a hipófise é muito importante como maestro do nosso organismo.

Esse tipo de tumor é comum?

Essa é a principal causa de massa na região da sela túrcica a partir dos 30 anos, correspondendo até 10% de todos os tumores intracranianos. A incidência estimada é de cerca de 4 tumores para cada 100 mil habitantes.

O Adenoma de Hipófise apresenta uma característica genética hereditária?

Apesar de terem sido descritos alguns genes potencialmente relacionados ao AH, a imensa maioria se trata de uma mudação nova e aleatória, não havendo indicação oficial de rastreio em familiares que não apresentem qualquer queixa.

Adenoma, microadenoma e macro adenoma são tudo a mesma coisa?

Essa classificação é com base no tamanho do adenoma, sendo que abaixo de 1 cm é chamado de Microadenoma de Hipófise e acima de 1 cm conhecido como Macroadenoma de Hipófise.

Existe outra forma de classificar os Adenomas de Hipófise?

Sim, alguns tumores de hipófise podem produzir hormônios e por isso são chamados de: gonadotrófico, tireotrófico, corticotrófico, lactotrófico e somatotrófico.

Existem outros tumores benignos que se localizam na mesmo região?

Sim, outros tumores benignos podem ocorrer no mesmo local e por vezes se confundir com AH. Os principais tipos são Craniofaringeoma, Meningioma e Pituicitoma.

 

LEIA TAMBÉM:

TRATAMENTO DO AVC: DICAS DE ALIMENTAÇÃO E COMO PREVENIR
COMO PREVENIR A INSÔNIA? 5 DICAS PARA TER UM SONO TRANQUILO
NEUROLOGISTA X PSIQUIATRA: DESCUBRA DE UMA VEZ POR TODAS AS DIFERENÇAS ENTRE ELES

 

E o tumor nessa região pode ser maligno?

Apesar de muito raro, existe o carcinoma de hipófise, que apresenta comportamento conhecido como maligno.

E quais são as manifestações e sintomas do Adenoma de Hipófise?

O quadro mais frequente é o AH como um achado de uma exame realizado para outro motivo, como uma enxaqueca ou traumatismo craniano. Porém em alguns casos avançados, a pessoa pode apresentar dores de cabeça progressivas, perda visual ou sintomas relacionados ao mal funcionamento do sistema hormonal.

E quais exames devo fazer?

O exame mais adequado para investigação é a Ressonância de Sela Túrcica (ou de hipófise), preferencialmente com contraste de Gadolínio. Nos casos em que há contraindicação ao contraste, a imagem simples também é muito útil para avaliação.

Na programação cirúrgica, necessitaremos de Angioressonância de Crânio para que a equipe cirúrgica faça a programação detalhada do procedimento.

A avaliação de campo visual é sempre necessária pré e pós procedimento cirúrgico e auxilia muito as equipes ao fazerem a opção do momento cirúrgico.

Além disso, devem ser realizados os exames dos eixos hormonais relacionados a hipófise.

 

botao cta 1 - junho 2022

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram