Nosso Blog

Informações úteis para você ficar atualizado

7 causas de enxaqueca que você não sabia

Conheça algumas da 7 causas de enxaqueca pouco conhecidas e entenda um pouco mais sobre os fatores que podem desencadear essas crises

A enxaqueca é uma doença que afeta milhares de indivíduos durante sua vida. Ela acontece devido a alterações, geralmente genética, que tornam o cérebro de algumas pessoas mais sensível a certos estímulos

Esses estímulos normalmente são denominados gatilhos e não se restringem apenas a 7 causas. Eles são os fatores que acabam desencadeando as crises de dores de cabeça fortes, caracterizando a enxaqueca.

Apesar de ser comumente associada a apenas uma “simples dor de cabeça”, as crises enxaquecosas vão muito mais além. Essa condição é considerada, nos dias de hoje, a 10ª doença mais incapacitante do mundo, segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde.

Os gatilhos podem ser os mais diversos e variam de pessoa para pessoa, sendo que podem disparar crises com intensidades e durações diferentes também. Por isso, aqui você poderá encontrar 7 causas desse tipo de dor de cabeça.

Coisas que podem ser causas da enxaqueca

Existem vários fatores que podem ocasionar essas crises e aqui você conhecerá 7 causas principais. Alguns são mais conhecidos que outros, mas, no fim, o resultado final é a famosa dor de cabeça unilateral e latejante, característica dessa doença.

Muitos dos gatilhos e causas da enxaqueca são ocasionados por comportamentos e hábitos de vida, que estão relacionados com as 7 causas mais comuns. Por isso, em muitos casos, mudanças de comportamentos podem ser essenciais para o tratamento.

Se você deseja aprender essas técnicas e outras formas de evitar ou reduzir as crises de enxaqueca, o curso de autocuidado “Superando a Enxaqueca” pode ser uma excelente opção.

 

A seguir, confira 7 causas de Enxaqueca e dores de cabeça que muitas pessoas não conhecem.

 

  1. Ficar longos períodos sem se alimentar

A alimentação é extremamente importante para que nosso corpo consiga desempenhar todas as funções da melhor forma possível. Em relação às dores de cabeça isso não é diferente, sendo a primeira das causas da enxaqueca.

O motivo para isso é que quando comemos, nosso organismo digere os alimentos e libera açúcar/glicose e outras substâncias no sangue. A glicose, em especial, é fundamental e é a fonte de energia principal.

Ao ficar longos períodos sem se alimentar, ocorre uma baixa de glicose no sangue e há a produção de substâncias que podem desencadear as crises de dor de cabeça.

Logo, para quem possui enxaqueca com frequência, o ideal é manter uma alimentação equilibrada e em intervalos regulares. Uma dica boa é se alimentar de 3 em 3 horas e evitar comer em excesso após longos períodos de jejum.

Assim, você evita uma das 7 causas mais comuns.

 

  1. Excesso de cafeína

O café é um dos grandes vilões quando o assunto é  causas da enxaqueca. Isso porque, alimentos e bebidas que contém cafeína, como refrigerantes, energéticos, chocolates e o próprio café, são um dos principais gatilhos para quem possui essas crises.

Geralmente, esses alimentos são estimulantes para o sistema nervoso, aumentando o risco de ter uma enxaqueca. Por isso, se você quer eliminar uma das 7 causas, uma dica é evitar o consumo desses produtos no dia a dia.

Para aqueles que são apaixonados por café e não passam 1 dia sem tomar, é importante não suspender o uso repentinamente, pois podem surgir sintomas de abstinência.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia, a ingestão de cafeína não deve ultrapassar 200 mg por dia e deve-se evitar consumir esses alimentos após as 18 horas.

 

  1. Uso excessivo de analgésicos

Provavelmente essa é uma das 7 causas da enxaqueca mais frequentes. É muito comum que as pessoas sintam dores de cabeça e tomem logo um analgésico. Nas crises de enxaqueca isso é ainda mais comum, considerando sua intensidade.

No entanto, utilizar esses remédios pode ser prejudicial a longo prazo. O motivo é que os analgésicos tratam apenas os sintomas, aliviando as dores e incômodos, mas não tratam as causas da enxaqueca.

Dessa forma, pode ser que o uso excessivo e frequente de analgésicos torne sua crise mais resistente e de difícil controle.

 

  1. Fatores genéticos

Essa é uma das 7 causas que pode ser um pouco óbvia, porém é muito importante. Algumas pessoas possuem maior predisposição genética para desenvolver crises de enxaqueca, sendo uma das causas da enxaqueca mais prevalentes.

Por isso, avaliar o histórico familiar e a história de vida são fatores essenciais para o diagnóstico e tratamento precoce dos enxaquecos.

 

  1. Alterações no sono

Você sabia que uma das 7 causas são as alterações ou problemas no sono? Problemas para dormir, como bruxismo, insônia e terror noturno, podem ser grandes causas da enxaqueca para os pacientes crônicos.

Quando o corpo não descansa de forma adequada, dificilmente você estará de bom humor e bem disposto. Dessa forma, a avaliação do ciclo de sono também pode ser um passo importantíssimo para o tratamento dessas dores de cabeça intensa.

 

  1. Mudanças de humor e estresse

Nas 7 causas principais sobre essas dores não poderia faltar isso. O estresse, a ansiedade, a irritação e preocupações excessivas são grandes problemas para qualquer pessoa, em especial para os pacientes enxaquecosos crônicos.

Essas questões afetam tanto a saúde mental quanto a física, sendo um dos principais fatores desencadeantes das crises. Assim, colocar em prática hábitos de relaxamento e que te acalmam são essenciais para evitar possíveis causas da enxaqueca ou até mesmo reduzir sua intensidade.

No curso “Superando a enxaqueca” você terá acesso a várias formas que podem te auxiliar a melhorar sua qualidade de vida.

 

  1. Alterações hormonais

Mudanças nos níveis de hormônios podem ser grandes gatilhos para os enxaquecosos. Inclusive essa é uma das grandes causas da enxaqueca que a tornam ainda mais comum nas mulheres do que nos homens.

Durante todo o ciclo menstrual, várias alterações hormonais acontecem e é comum que a mulher apresente dores de cabeça. Para aqueles que possuem predisposição genética, é ainda mais comum terem crises de enxaqueca.

 

Por que fazer o curso “Superando a enxaqueca”?

Assim, como abordado nas 7 causas principais sobre o tema, uma das formas mais eficazes de realizar o tratamento e evitar o surgimento de crises é a mudança de hábitos.

Se você sofre com a enxaqueca e deseja conhecer e aprender técnicas que podem te auxiliar nesse momento, o curso “Superando a enxaqueca” pode ser uma ótima dica. Com uma metodologia prática e conteúdos exclusivos, o curso foi pensado para todos e todas que sofrem com essa doença incapacitante.

O treinamento é realizado com o passo-a-passo desenvolvido pelo neurologista Dr. Bruno Funchal, formado pela Escola Paulista de Medicina.

Utilizando o método, você será capaz de reduzir essas dores e promover ainda mais sua saúde e qualidade de vida.

Se identificou com uma das 7 causas mais comuns desse tipo de dor? Então não perca tempo! Saiba mais sobre o treinamento e garanta já o sucesso no controle das suas crises de enxaqueca.

 

Enxaqueca x Covid-19: o que você precisa saber?

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Você sofre com enxaqueca?

Então vem conhecer o primeiro método
ENXAQUECA-KILLER!